Aprender a escrever o próprio nome virou uma grande brincadeira!

Materiais necessários:

  • 1 caixa pequena para cada criança (caixa de fósforo, de medicamento, pote de margarina – tudo vazio);
  • foto de cada aluno ou eles desenham a si mesmos;
  • fichas de cartolina ou papel cartão;
  • papel colorido;
  • apito.

 

Preparo do jogo:

Decore as caixas com o papel colorido (para facilitar você pode pedir como tarefa). Cole a foto ou o desenho em um lado da caixa. No outro lado escreva em maiúsculo a letra inicial do nome da criança. Dentro da caixa coloque fichas com as letras do nome da criança. Para evitar que haja confusões quando as crianças forem manusear as fichas é recomendável escrever cada nome com uma cor diferente.

Importante: Nas primeiras vezes é importante ter em algum lugar da sala os nomes das crianças expostos para que elas possam recorrer em caso de dúvidas.

Como brincar:

Organize pequenos grupos de crianças. Ao seu apito cada criança deverá abrir a sua caixa e montar o seu nome, e, quando você apitar novamente, as crianças deverão colocar as fichas dentro da caixa e trocá-la com o colega que está à sua esquerda. Desta forma, as crianças irão escrever o seu próprio nome, e, também o nome dos seus colegas.

Explorar:

“Quais nomes iniciam com o mesmo som?”

“Quais nomes terminam com o mesmo som?”

“Quais nomes têm na sílaba do meio o mesmo som?

“Quais letras representam esses sons?”

“Que outras palavras vocês conhecem que começam com o som do nome de Vitor (falar o nome de uma criança da turma)?”.

Outra possibilidade: Tirar uma foto de corpo inteiro da criança, colar em uma cartolina, cortar em pedaços e colocar junto com as fichas dentro da caixa para depois as crianças montarem como um quebra-cabeça.

Boa diversão!

Já conhece o Trio Consciência Fonológica disponível em nossa loja? É excelente para crianças em início da alfabetização.

Especialista em Psicopedagogia Clinica e Institucional. Formação em Avaliação Dinâmica do Potencial de Aprendizagem e em PEI (Programa de Enriquecimento Instrumental) pelo CDCP (Centro de Desenvolvimento Cognitivo do Paraná) Centro de Treinamento Autorizado pelo Hadassah Wizo-Canada Reserach Institute e pelo ICELP - The Internacional Center for the Enhancement of Learning Potential, Jerusalém - Israel. Experiência em alfabetização e dificuldades de aprendizagem. Autora do e-book: "Mamãe, deixe-me crescer" e idealizadora da Revista Psicosol. Ama ler e tem levado bem a sério a sua brincadeira de escrever.

3 comentários em “Construção do próprio nome

  1. Joseane Josefa dos Santos on said:

    Ótimas idéias, parabéns!

  2. Patricia kochanny Zarth on said:

    Adorei a ideia do jogo do nome! Vou fazer 🙂

  3. Solange Moll on said:

    Obrigada por terem deixado comentário, Joseane e Patricia! <3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *