imageOie!

Gente, como vocês podem ver na foto, o Pateta (meu cachorro) fez questão de mostrar a carinha dele para vocês!!! Bem, na verdade ele estava de olho na bolinha…rsrs 😂

Para quem já fez a oficina de jogos pedagógicos comigo não será novidade a ideia que estou compartilhando hoje. No entanto, acredito que esta é uma ideia tão simples e traz resultados tão bons que precisa ser mais compartilhada.

É necessário:

– bolinha de papel;

– dado. Eu utilizei aquele tapete com letras para formar o dado. Em um lado coloquei a letra E (esquerda), em outro D (direita), em outro F (frente), em outro A (atrás) ,  e os números 1, 2.

Procedimento:

A criança joga o dado e se cair, por exemplo “E”,  ela deverá colocar a bolinha no seu lado esquerdo. Se cair o número “1” a criança escolhe uma posição para colocar a bolinha e diz o nome.

Observação: apesar de não estar aparecendo na foto, em cima do dado está a letra “F”.

Por hoje é isso! Espero que tenha sido útil para vocês, falem nos comentários.

Beijão e até breve!!! 🙂

Você já conhece a apostila em PDF com ideias para trabalhar a atenção? Clique no link abaixo.

Especialista em Psicopedagogia Clinica e Institucional. Formação em Avaliação Dinâmica do Potencial de Aprendizagem e em PEI (Programa de Enriquecimento Instrumental) pelo CDCP (Centro de Desenvolvimento Cognitivo do Paraná) Centro de Treinamento Autorizado pelo Hadassah Wizo-Canada Reserach Institute e pelo ICELP - The Internacional Center for the Enhancement of Learning Potential, Jerusalém - Israel. Experiência em alfabetização e dificuldades de aprendizagem. Autora do e-book: "Mamãe, deixe-me crescer" e idealizadora da Revista Psicosol. Ama ler e tem levado bem a sério a sua brincadeira de escrever.

4 comentários em “Orientação espacial

  1. Amei a ideia!!!! Você é top!!!!

  2. Ótima sugestão.Obrigada.

  3. Muito boa ideia!
    Em sala de aula dá brincar ao invés de colocar a bolinha usar a cadeira ou um coleguinha…

  4. Raquel Almeida on said:

    Muito obrigada por compartilhar! Eu ficava muito angustiada ouvindo na sala dos professores as colegas reclamando da falta de habilidade dos seus alunos, porém ninguém apresentava a solução para o problema…aqui eu vejo mil maneiras de mediações, várias ideias para ajudar os nossos pequeninos…sem palavras para agradecer! Que Deus te abençõe e continue te inspirando! Parabéns!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *