alfabetizaçãoEste jogo pode ser utilizado de maneiras diferentes: letras, palavras, textos, tabuada…

Para o papassílabas você vai precisar:

– Uma caixa ou um pote com um furo;
– fichas com sílabas.

Procedimento:

Diga para a criança: “Este é o papassílabas, sua comida preferida são pastilhas de sílabas”. Para poder alimentá-lo você precisa ler as sílabas. Depois nós iremos contar quantas pastilhas de sílabas ele comeu”.

Ou seja, cada sílaba que a criança ler ela irá colocar na caixa. As sílabas que ela não souber você aproveita para ensiná-la, mas não será colocada na caixa.

Obs.: Você percebeu que esta é também uma maneira lúdica de fazer uma sondagem das sílabas que a criança já domina e quais precisam ser trabalhadas?

Uma variação desta brincadeira é utilizar um cronômetro e dizer: “Vamos ver quantas sílabas você consegue ler em um minuto?” Essa é uma boa estratégia para crianças que já leem, mas muito pausadamente. Você anota quantas sílabas ela conseguiu e em outro dia você pode propor um desafio para ela, por exemplo: “vamos ver se hoje você consegue aumentar o número de sílabas que consegue ler em um minuto?

DICAS IMPORTANTES:

– não compare o desempenho de uma criança com outra. Deixe claro que cada um tem seu próprio ritmo e que será observado a evolução pessoal;
– dependendo do nível de atenção e dificuldade da criança coloque menos ou mais sílabas. Do contrário poderá exigir um nível de desempenho mental que a criança não resiste por muito tempo e isso pode fazer com que ela perca o interesse pelo jogo;
– você irá colocar várias sílabas, mas é preciso ter o cuidado de que algumas delas a criança já conheça. Isso ajudará na autoestima.
– se a criança não souber a sílaba você ajudará muito se fizer alguma associação com algo que seja do interesse dela.

É isso! Mil beijos <3

Especialista em Psicopedagogia Clinica e Institucional. Formação em Avaliação Dinâmica do Potencial de Aprendizagem e em PEI (Programa de Enriquecimento Instrumental) pelo CDCP (Centro de Desenvolvimento Cognitivo do Paraná) Centro de Treinamento Autorizado pelo Hadassah Wizo-Canada Reserach Institute e pelo ICELP - The Internacional Center for the Enhancement of Learning Potential, Jerusalém - Israel. Experiência em alfabetização e dificuldades de aprendizagem. Autora do e-book: "Mamãe, deixe-me crescer" e idealizadora da Revista Psicosol. Ama ler e tem levado bem a sério a sua brincadeira de escrever.

16 comentários em “Papassílabas

  1. Gostei muito desses materiais que foram postados. Gostaria de obter mais sobre leitura para criança de 11 anos que ainda não sabe ler e escrever.

  2. Amei esta estratégia! Amo visitar este site, me dá muitas ideias para adaptar as atividades às crianças com dificuldades fonoaudiológicas. Parabéns pela criatividade!

    • Solange Moll on said:

      Que bom, Vanessa!
      Obrigada por dedicar um tempo seu para deixar um comentário! Este feedback é super importante pois revela que estamos no caminho certo.:)

  3. Gostaria de ter uma explicações meu filho tem sindrome e asperger a maior dificuldade dele e escrever adora matematica gostaria de algumas dicas

  4. Excelente site, principalmente para mães – como eu, que nao somos educadoras, porém tem filhos que precisam de apoio pedagógico, meu filho 8 anos tem TGD autismo leve, além de TDHA, apresenta dificuldades na interpretação e elaboracao de texto, e ainda escreve com letrado forma, gostaria de trocar idéias com vc, meu email enza@uol.com.br, obrigada.

  5. Suas ideias são excelentes! Vou colocar algumas em prática para auxiliar alunos com dificuldades de aprendizagem. Parabéns e obrigada por compartilhar!

  6. Vera Prodossimo. on said:

    adorei as dicas, vou colocá-las em pratica.

  7. bom dia, por acaso vc tem jogos voltados para EJA?

  8. Solange Moll on said:

    Olá, Milgrid! Os jogos, surdas x sonoras, escute e responda, carta secreta, entre outros; podem ser utilizados na educação de jovens e adultos.

  9. Muito bom adoreiiiii

  10. Olá!! estou amando as dicas!!!!!

  11. Amei este blog. Pois me ajuda bastante na minha atuação psicopedagógica
    Abraço

  12. Cleide Lopes on said:

    Que delícia esse blog. Amei as ideias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *