Vamos trabalhar um pouco com números hoje?

É necessário:

– Cartas com números;
– ampulheta ou cronômetro.

Procedimento:

wpid-Photo-22072014-1424.jpgEmbaralhe as cartas. Peça para a criança escolher três cartas sem ver os números. Você pega as cartas escolhidas pela criança, olha os números, e coloca sobre a mesa primeiro a carta que tenha o menor número, virando-a para baixo. Por último a de número maior também virando-a para baixo. No centro delas coloca uma carta com o número virado para cima. Esta servirá para fazer a comparação (observe a imagem).

Então você aponta a primeira carta e diz, por exemplo: “Aqui tem um número a menos que este.” Imediatamente aponte a carta do meio.
A criança deverá calcular e dar um palpite.
Com a última carta você repete o procedimento, no entanto, vai dizer: “Aqui tem três números a mais que este.”

A medida que a criança compreendeu a ideia da atividade você pode aumentar o desafio utilizando uma ampulheta ou o cronômetro. Assim, a criança deverá dizer o seu palpite dentro do tempo estipulado.

 

imageAtenção: o processo de comparação, dependendo da idade ou do conhecimento já construído pela criança, pode ser de difícil entendimento. Além disso, os conceitos “a menos” e “a mais”, a princípio, podem também dificultar a compreensão para as crianças menores. Em alguns casos é necessário primeiro trabalhar o conceito “a mais” no concreto. Só depois de ter certeza que ocorreu a assimilação deste conceito é que deve ser mostrado “a menos”, e também, de preferência, no concreto.

bjos <3

Obra Consultada:

KAMII, Constance. Reinventando a aritmética: implicações da teoria de Piaget. 13. ed. Campinas: Papirus, 1997.

Visite a nossa loja e conheça esta apostila em PDF:

 

Especialista em Psicopedagogia Clinica e Institucional. Formação em Avaliação Dinâmica do Potencial de Aprendizagem e em PEI (Programa de Enriquecimento Instrumental) pelo CDCP (Centro de Desenvolvimento Cognitivo do Paraná) Centro de Treinamento Autorizado pelo Hadassah Wizo-Canada Reserach Institute e pelo ICELP - The Internacional Center for the Enhancement of Learning Potential, Jerusalém - Israel. Experiência em alfabetização e dificuldades de aprendizagem. Autora do e-book: "Mamãe, deixe-me crescer" e idealizadora da Revista Psicosol. Ama ler e tem levado bem a sério a sua brincadeira de escrever.

Um comentário em “Qual é o número?

  1. Muito interessante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *