Vamos dar  uma melhorada na qualidade do relacionamento interpessoal da nossa sala de aula?

Você vai precisar:

– Folhas de papel e lápis.

Procedimento:

Organize as crianças em círculo. Entregue uma folha de papel para cada criança e oriente-as a escrever o nome no topo da folha.

Ao seu comando elas deverão entregar a folha para o colega da esquerda. Este deverá escrever algum ponto positivo sobre o colega, mas sem se identificar.  Após alguns minutos a folha deverá ser passada para o colega da esquerda novamente. Assim sucessivamente… até cada folha passar por todas as crianças e chegar ao seu dono.

Promova uma discussão sobre o que as crianças receberam, se concordam ou não.

Importante: as crianças devem ser orientadas a só escrever algo positivo.  Pontos negativos só devem ser abordados quando o grupo está suficientemente amadurecido emocionalmente.

Obra consultada

ANTUNES, Celso. Jogos para a estimulação das múltiplas inteligências. 12 ed. Petrópolis: Vozes, 1998.

Especialista em Psicopedagogia Clinica e Institucional. Formação em Avaliação Dinâmica do Potencial de Aprendizagem e em PEI (Programa de Enriquecimento Instrumental) pelo CDCP (Centro de Desenvolvimento Cognitivo do Paraná) Centro de Treinamento Autorizado pelo Hadassah Wizo-Canada Reserach Institute e pelo ICELP - The Internacional Center for the Enhancement of Learning Potential, Jerusalém - Israel. Experiência em alfabetização e dificuldades de aprendizagem. Autora do e-book: "Mamãe, deixe-me crescer" e idealizadora da Revista Psicosol. Ama ler e tem levado bem a sério a sua brincadeira de escrever.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *