fbpx

Bingo Fonema x Grafema

Bingo Fonema x Grafema

Oie!!!

Se existe uma ferramenta que precisa estar presente em um ambiente alfabetizador, certamente, é uma que envolva o conhecimento da relação grafema x fonema (letra/som).

Bus e Van Ijzendoorn apud Soares (2016, p. 217) esclarecem:

[…] a plena compreensão do princípio alfabético se fundamenta na associação entre letras e fonemas. Esses pesquisadores, com base na análise de 71 pesquisas experimentais sobre o desenvolvimento da consciência fonêmica, com ou sem o suporte do conhecimento de letras, concluíram que a aprendizagem da escrita ocorreu de forma mais consistente e efetiva nos programas que desenvolveram simultaneamente fonemas e letras […].

Para reforçar ainda mais a importância deste conhecimento para a construção da escrita vejam o que Montessori (1965, p. 202), nos diz:

[…] Quando se apresenta à criança uma letra, emitindo seu som, ela fixa a imagem mediante o seu sentido visual e, ao mesmo tempo, com seu sentido tátil-muscular; associa o som aos sinais correspondentes, isto é, toma conhecimento da linguagem gráfica.

Queridos, eu tomo o cuidado de fundamentar o que trago de sugestão para vocês porque considero importante estarmos bem embasados teoricamente na nossa prática que, jamais(!), pode ser desenvolvida por “achismo”. Além disso, devido a subjetividade de cada criança, é preciso constantemente reavaliar o nosso trabalho para nos certificarmos se estamos proporcionando a intervenção adequada. Tenho esta convicção por compreender que nem sempre uma atividade que foi eficiente no desenvolvimento de uma criança será para outra. Sendo assim, procurar por autores que já desenvolveram pesquisas na área é fundamental.

Então vamos a ideia de hoje?

Sugestão de uso:

Distribuir para cada criança ou dupla uma cartela com letras e marcadores (botões, bolinhas de papel reciclado, …). Colocar as fichas com imagens dentro de uma sacola/caixa.

Para o jogo começar é preciso retirar uma ficha da sacola, falar o som da primeira letra do nome da figura. Exemplo: /mmmm/ para maçã. As crianças deverão procurar em suas cartelas uma letra que tenha esse som. Quem tiver coloca um marcador sobre a letra e fala o som. Após, é necessário mostrar a carta com a figura, falar novamente o som e mostrar a letra para a criança ter certeza que marcou corretamente (se for necessário, escrevam no quadro). O jogo continua e ganha quem marcar primeiro três letras na horizontal, vertical ou diagonal. Vocês também podem combinar que é necessário completar a cartela toda para vencer o jogo. É preciso avaliar o que é mais adequado.

Vou encerrar deixando uma dica importante: O conhecimento da relação fonema x grafema (som/letra) deve ser apresentada ao longo do ano juntamente com outras atividades para estimular o desenvolvimento da consciência fonológica. Supondo que a criança não tenha nenhum conhecimento sobre este assunto, sugiro apresentar duas ou três letras/som a cada dia. Sendo que, as letras já aprendidas, devem ser revisadas nos dias seguintes. Ok?!

Um forte abraço e até o próximo post 😉

Ah! Fale nos comentários se este texto lhe ajudou, vou amar saber.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

MONTESSORI, Maria. Pedagogia científica. São Paulo: Flamboyant, 1965.

SOARES, Magda. Alfabetização: a questão dos métodos. São Paulo: Contexto, 2016.

Clique abaixo para adquirir o arquivo PDF com 15 cartelas + 26 fichas para este jogo. É enviado por e-mail.

2 Comentários

  • Luana Telles Postado 4 04-03:00 setembro 04-03:00 2019 11:29 AM

    Você se contribui! Obrigada

  • Cleonides Cunha Postado 4 04-03:00 setembro 04-03:00 2019 8:41 AM

    Sensacional, Sol! Seu texto me ajudou muito. Legal que o que você compartilha com a gente sempre toma o cuidado de fundamentar.

Comentar

Seu endereço de e-mail não será publicado.