Oie!!!

Pessoal, o post de hoje é super especial!

imageQuem acompanha o meu trabalho sabe que compartilho muitas ideias para alfabetização e, também, defendo a opinião que estimular o desenvolvimento da consciência fonológica é fundamental para o sucesso da alfabetização. Porém, é sempre eterna e infinita a nossa necessidade de adaptar as atividades para atingir todas as crianças, não é mesmo?! Afinal o melhor método é aquele que a criança aprende!

Este material que apresento para vocês hoje foi elaborado pensando em crianças que podem se beneficiar com métodos ideovisuais, inclusive autistas (não verbais), mas, é preciso, como com qualquer outra criança, conhecê-las individualmente para saber qual a maneira que aprendem.

A inspiração nasceu da minha experiência + um vídeo que vi no blog: www.lagartavirapupa.com.br de uma maneira que é utilizada pelo Professor Mark em uma escola em Estocolmo. O material que ele utiliza é muito semelhante ao que já temos por aqui, mas dá uma sensação de estarmos no caminho certo quando sabemos que tem alguém lá do “primeiro mundo” fazendo um trabalho semelhante ao nosso, não é mesmo?

Deixei o arquivo em PDF com as cartelas (20 figuras diferentes) para esta atividade disponível na nossa loja. É enviado por e-mail. Clique no link no final deste post.

Materiais necessários:

Cartelas iguais a imagem acima. Todas as cartelas e fichas foram plastificadas e aplicado velcro.

Como utilizar:
1) A criança deverá levar a ficha com o nome da figura até a cartela 1. Nela consta imagem e nome da figura.

2) A criança deverá levar a ficha com o nome da figura até a cartela 2. Agora consta apenas a figura.

3) Entregue para a criança as fichas com a letras necessárias para formar o nome da figura na cartela 3. Nas primeiras vezes omita apenas a última letra da palavra. Conforme a criança for avançando retire as duas últimas letras, depois as três últimas e assim por diante. Sempre apresente a cartela 1 para a criança verificar os acertos, ou seja, dê oportunidade à criança de escrever conforme sua hipótese e, após, ela mesma corrigir se for necessário.

4) Na cartela 3 misture as letras e peça para a criança organizar na sequência correta.

5) Entregue as letras que servem para escrever a palavra e acrescente outras. Peça para a criança selecionar as letras que servem para escrever o nome da figura e colocá-las na cartela 3.

Veja no vídeo:

Observações importantes: Há muitas maneiras de utilizar este material. Na verdade, você deverá adaptá-lo de acordo com  a necessidade específica da criança que estiver sendo atendida. Para algumas, talvez, seja necessário você mostrar como faz ou guiar a mão dela até que faça a atividade com autonomia. Não é desnecessário dizer que os elogios, a sua vibração, o seu carinho, paciência e persistência são essenciais para o sucesso da atividade, não é mesmo? Este é um material excelente, mas será a sua mediação adequada que fará a grande diferença.

Por hoje é isso! Claro que preciso saber se este post foi útil para vocês. Então falem pra miiiimmmm!!!

Segue link para adquirir o arquivo em PDF com este material. São 20 figuras diferentes.

Especialista em Psicopedagogia Clinica e Institucional. Formação em Avaliação Dinâmica do Potencial de Aprendizagem e em PEI (Programa de Enriquecimento Instrumental) pelo CDCP (Centro de Desenvolvimento Cognitivo do Paraná) Centro de Treinamento Autorizado pelo Hadassah Wizo-Canada Reserach Institute e pelo ICELP - The Internacional Center for the Enhancement of Learning Potential, Jerusalém - Israel. Experiência em alfabetização e dificuldades de aprendizagem. Autora do e-book: "Mamãe, deixe-me crescer" e idealizadora da Revista Psicosol. Ama ler e tem levado bem a sério a sua brincadeira de escrever.

4 comentários em “Cartelas para alfabetização

  1. Cristina Nobre on said:

    Adorei o jogo irei utilizar na minha turma. Bjs

  2. Clarice Lima Ferreira on said:

    Excelente material, exatamente o que eu estava procurando para minha turma do AEE. Já encomendei! Obrigada!

  3. Amei o site e suas idéias. Sou estudante de Psicologia e faço estágio em uma escola municipal trabalhando com crianças com dificuldade de aprendizagem e comportamento. Estou encantada com a área, apesar dos grandes desafios.
    Obrigada por compartilhar seus projetos.
    Deus abençoe vc!

  4. Gostei, BOA IDEIA. BJOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *