Marque Certo

Marque Certo

O-lá!

Que alegria!!! Primeiro post do ano chegandoooo!!! Que saudade, gente!

Antes de tudo, quero desejar a todos vocês um excelente ano, com muita saúde, paz e disposição para fazermos a diferença na vida das pessoas que encontrarmos em nossos caminhos. Se for para deixarmos marcas, que elas sejam as melhores possíveis! Além disso, também gostaria de desejar que consigamos lidar melhor com as situações que não estão ao nosso alcance para modificarmos (esta última frase foi um recado para mim mesma; se também serviu para você, me conta depois… Hehe!).

Bom, apesar de estar desde o final de novembro sem publicar nenhuma novidade, saibam que as próximas publicações que vocês verão aqui no site já vêm sendo pensadas e desenvolvidas há muitos meses. Vendo o produto pronto não é possível saber todos os caminhos percorridos. São várias etapas! O nosso cuidado é porque queremos oferecer a vocês ferramentas de qualidade e que tenham, realmente, condições de fazer a diferença na vida das crianças. Não é nada feito no “achismo”, entendem? Vocês merecem o melhor, sempre! <3

Então vamos nessa?!

O jogo Marque Certo foi pensado para instigar crianças que estão iniciando o processo de alfabetização. Tem como objetivo estimular consciência fonológica, mais precisamente, consciência de sílabas e, também, aguçar a atenção e percepção auditiva das crianças para que elas comecem a relacionar fonemas (sons) iniciais a seus respectivos grafemas (letras). Vocês verão na explicação do jogo e também no vídeo, que ele foi organizado de uma maneira lúdica.

É muito importante começarmos o ano sabendo que para o bom desenvolvimento da alfabetização das nossas crianças é imprescindível um trabalho que estimule o desenvolvimento da consciência fonológica e da relação fonema X grafema.

“Crianças que têm consciência dos fonemas avançam de forma mais fácil e produtiva para a escrita e leitura. As que não têm consciência de fonemas correm sérios riscos de não conseguirem aprender a ler.” (ADAMS et al. 2006, p. 17).

Sendo assim, vamos aproveitar que o ano está começando e já vamos iniciar fazendo um bom trabalho. É isso que queremos, não é mesmo?!

Sugestão de uso:

Peça para a criança escolher uma cartela. Pergunte se ela conhece o alimento que está na cartela. Se ela gosta, não gosta, nunca comeu, etc. Depois, entregue uma bola de massinha de modelar. Em seguida, diga para ela separar a bolinha na mesma quantidade de pedaços(sílabas) que tem o nome da figura. Exemplo: Se for “maçã”, deverá separar a bolinha em dois pedaços. Após, peça para a criança colocar um marcador no número correspondente lá na cartela.

Depois, será a vez de tentar identificar o som que inicia o nome da figura. Reforce e alongue o som inicial. Exemplo: /mmmm/ . Após, peça para a criança colocar um marcador na letra que representa aquele som. Por fim, pode ser escrito o nome da figura com a massinha de modelar.

É isso! Espero que vocês tenham gostado da nossa primeira publicação deste ano. Comentários são sempre bem-vindos… Hehe! Um forte abraço!

Ainn, é tão bom estar de volta!

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA:

ADAMS, Marilyn Jager; et al. Consciência fonológica em crianças pequenas. Porto Alegre: Artmed, 2006.

Clique no link abaixo para adquirir o arquivo PDF contendo: 20 cartelas, 01 embalagem , instruções de uso. É enviado por e-mail.

Comentar

Deixe um comentário