20th set 2017

Oie!!!

Possivelmente, você já ouviu falar do Tangram (quebra-cabeças chinês formado por 7 peças) e da sua relevância para o desenvolvimento do pensamento lógico. O post de hoje atende a sugestão de uma mãe, Dayane Santos, que queria utilizar o Tangram com seu filho, mas não encontrava figuras apropriadas. Pedido feito, pedido atendido! 🙂 É uma alegria muito grande quando conseguimos contribuir.

Sugestão de materiais:

Tem Arquivo PDF disponível na nossa loja. Clique no link no final deste post para adquirir.

– 7 peças do tangram:  2 triângulos grandes, 2 pequenos, 1 médio, 1 quadrado e 1 paralelogramo;

– cartas com imagens de figuras formadas com as peças do Tangram.

Como utilizar:

Você pode iniciar explorando os nomes das formas geométricas, pedir para a criança verificar as possibilidades de classificação por forma, tamanho, cor, número de lados, …

Após, a criança escolhe uma carta para formar uma figura. Parece simples, mas dependendo da idade e conhecimento prévio, esta atividade pode ser complexa.

Você também pode deixar a criança criar imagens livremente. Já pensou que legal(!) criar uma história com as imagens formadas?! Hein? Vai ser show!!! \o/

Bom, espero que este post tenha atendido à expectativa da Dayane e que seja útil para você que o leu até aqui.

Beijao e tchau!

Clique abaixo para adquirir o arquivo PDF com as 7 peças do Tangram e 12 cartas com figuras diferentes. É enviado por e-mail.

Especialista em Psicopedagogia Clinica e Institucional. Formação em Avaliação Dinâmica do Potencial de Aprendizagem e em PEI (Programa de Enriquecimento Instrumental) pelo CDCP (Centro de Desenvolvimento Cognitivo do Paraná) Centro de Treinamento Autorizado pelo Hadassah Wizo-Canada Reserach Institute e pelo ICELP - The Internacional Center for the Enhancement of Learning Potential, Jerusalém - Israel. Experiência em alfabetização e dificuldades de aprendizagem. Autora do e-book: "Mamãe, deixe-me crescer" e idealizadora da Revista Psicosol. Ama ler e tem levado bem a sério a sua brincadeira de escrever.

Um comentário em “Tangram

  1. Josenilde Lima dos Santos on said:

    Amei esta iniciativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *