Trilha do alfabeto

Trilha do alfabeto

Oie!

Gente, quero ver vocês sorrindo, dando pulos de alegria, porque o jogo que eu trouxe como sugestão está disponível em arquivo PDF GRÁTIS! Uhuuu!!! E tem mais!!! Poderá ser utilizado de muitas maneiras: para estimular a aprendizagem do alfabeto (letra/som), escrita de palavras, frases, textos e, também, para falarmos sobre alimentação saudável com as crianças! Ahhh, é muito amor em um jogo.

E, por falar em amor, quero aproveitar este gancho para falar também de compaixão e empatia porque entendo que estes sentimentos precisam caminhar de mãos dadas com o processo de alfabetização (na verdade, qualquer aprendizado). É preciso compreender que os erros no processo de construção da escrita fazem parte do processo e acontecem porque a criança se arriscou, levantou uma hipótese, o que é excelente. Portanto, jamais(!), podemos culpabilizar o equívoco da criança. Inclusive, neste caminho, há também momentos de esquecimentos. Um dia parece que a criança sabe e, no outro, que não sabe. Mas, fala pra mim quem nunca parou diante de algo que ainda está em processo de aprendizagem e pensou: ”como é isso mesmo?”

Ferreiro e Teberosky (1999, p. 34), grifo dos autores, esclarecem:

Se dissemos antes que uma prática pedagógica de acordo com a teoria piagetiana não deve temer o erro (sob a condição de distinguir entre os erros construtivos e os que não o são), agora devemos acrescentar que ela não deve, tampouco, temer o esquecimento. O importante não é o esquecimento, e sim a incapacidade para restituir o conteúdo esquecido.

Ou seja, claro que precisamos ficar atentos às crianças com dificuldade de reter o conhecimento, no entanto, o esquecimento também faz parte do processo de construção de qualquer aprendizado. Nosso cérebro é incrível! Ele precisa ter certeza que o conteúdo é importante para guardá-lo em seus arquivos. Do contrário, ele joga fora.  Bom, antes que vocês fiquem chateados(as) com o meu texto longo segue a explicação do jogo…hehe

Sugestões de uso:

1) Disponibilizar o tabuleiro sobre uma superfície plana. Cada jogador, na sua vez, joga o dado e, o número que cair, será correspondente à quantidade de casas que poderá avançar com seu peão no tabuleiro. Quando parar, diz o nome da letra/som que constar na casa. Ganha o jogo quem chegar ao final da trilha primeiro.

2) Os jogadores repetem o procedimento da sugestão 1, mas, também, procuram no tabuleiro um alimento que começa com aquela letra/som e escrevem o nome. Depois, podem conferir a escrita no gabarito.

Observação: os alimentos que já tem o nome escrito no tabuleiro, podemos deixar que leiam e, após, cobrimos a palavra para que seja escrita de acordo com o que lembram.

3) Fazer uma pesquisa para procurar imagens e benefícios dos alimentos que constam no tabuleiro para nossa saúde.

4) Utilizar as palavras que precisaram escrever durante o jogo para produzir um texto.

Gostaram do post de hoje? Que tal me dizer nos comentários?! Vou amar saber <3

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA:

FERREIRO, Emilia; TEBEROSKY, Ana. Psicogênese da língua escrita. Porto Alegre: Artmed, 1999.

Clique abaixo para adquirir o arquivo PDF GRÁTIS com este jogo. É enviado por e-mail.

3 Comentários

  • Regina Postado 18 18-03:00 setembro 18-03:00 2019 11:15 PM

    Obrigada!!! Gosto muito do seu trabalho. Está de parabéns.

  • Sofia Vilares Postado 18 18-03:00 setembro 18-03:00 2019 7:59 AM

    Sol, eu aguardo ansiosamente por toda quarta! Obrigada por mais este presente ! Aqui sempre encontro as melhores sugestões na área da alfabetização e tem me ajudado muito no meu trabalho. As crianças amam os seus jogos. Grata!

    • Solange Moll Postado 18 18-03:00 setembro 18-03:00 2019 8:31 AM

      Obrigada, Sofia! Suas palavras enchem meu coração de alegria!

Comentar

Seu endereço de e-mail não será publicado.